Depoimentos

maicon-rodrigo-ewald

Pude perceber na leitura do Guia de Autoproteção, que o autor se preocupou em manter uma linguagem simples, clara e objetiva para que todos pudessem interpretar e entender o propósito, bem como, fez o guia ser mais do que um livro e sim o próprio plano de emergência familiar, o que na minha opinião foi fantástico. Só nos resta agora divulgar esse belo trabalho para as nossas comunidades, para que como bem foi escrito no guia baseado na Lei 12.608 de 10 abril de 2012, artigo 5°, XIV (Política Nacional de Proteção e Defesa Civil) deve-se “Orientar as comunidades a adotar comportamentos adequados de prevenção e de resposta em situação de desastre e promover a autoproteção.”

 

rogerio-vonk

Como informação de qualidade para tais situações é imprescindível que saibamos a forma correta de agir, e para isso esta obra de Paulo de Almeida se constitui numa excelente fonte de consulta. De forma sucinta e esclarecedora, o entusiasta pelos assuntos de defesa civil e sempre voluntário Paulo apresenta em sua bela obra uma série de fatores que devem ser observados para que consigamos saber o que fazer quando as calamidades advirem.

 

adilson-sperfeld

O presente guia voltado a preparação para atuação em desastres, é fruto de pesquisas e vivências do autor ao longo de sua carreira, onde atuou em diversos eventos adversos de alta complexidade.   Paulo é instrutor voluntário no Batalhão de Policia Militar de Ajuda Humanitária do Estado de Santa Catarina, participando ativamente dos simulados de defesa civil executados nos últimos anos na região norte, onde aperfeiçoou as técnicas aqui descritas. Esse guia é de leitura obrigatória a todos os abnegados que tem como missão salvar vidas e minimizar o sofrimento dos atingidos por desastres naturais ou antropogênicos .

 

kristian-robson-iachinski

Tenho certeza que o guia de auto proteção, além de uma inovação em âmbito nacional, permitirá que muitas vidas sejam, direta e indiretamente, salvas. Tenho orgulho em ter acompanhado o nascimento desta obra, ter ciência de sua importância dentro de um contexto de todo um sistema que é a defesa Civil e muito satisfeito em poder ver que a população não está à mercê apenas de um governo que nem sempre retribui seu povo com assistência que mereceria, mas que também não cruza os braços e aguarda sua vida acabar.

 

ademir-silva

O Guia de autoproteção de Paulo de Almeida foi escrito por quem entende do assunto, palavras muito bem colocadas e de fácil entendimento. Uma ótima iniciativa e precisamos dessa atitude, desse pensamento. É uma obra, uma leitura que, na minha opinião, tem que chegar ao conhecimento de todas as comunidades, de todas as famílias, muito útil em todos os aspectos, apoiamos e lutamos para que esse livro chegue ao conhecimento de todos nós Brasileiros. Parabéns Paulo de Almeida.

 

major-vilson

Com uma leitura fluida e de fácil entendimento, o Guia de Autoproteção para Desastres e Situações de Anormalidade é leitura obrigatória para que cada pessoa saiba proteger a si próprio e a sua família em desastres ou situações de anormalidade. Paulo de Almeida compilou toda a sua expertise de ex Bombeiro Voluntário, membro do Grupo Voluntário de Busca e Salvamento GERAR e voluntário da Defesa Civil de Jaraguá do Sul e nos brindou com esta magnífica obra.

 

 

11798266_848350795242282_1923181877_n

O Guia de Autoproteção elaborado por Paulo de Almeida, serve como instrumento de prevenção e orientação, pois a traves de uma linguagem simples e fácil compreensão, traz informações importantíssimas sobre quais órgãos de governo devem ser procurados para a busca de capacitação e desenvolvimento de projetos de prevenção a desastres, quais deverão ser acionados em caso de urgência e como agir em caso de desastres e situações de anormalidade, enquanto o socorro não chega. Toda a população deveria ter acesso a este guia.

 

16557_10151743151525901_381290045_n

Um homem prevenido vale por dois! O ditado popular é sábio, mas no país do jeitinho, o mais comum é deixar pra lá e nem pensar como se proteger diante de um desastre. O Guia de Autoproteção de autoria do Paulo de Almeida é um alerta sobre a necessidade de nos mantermos prevenidos e preparados para um desastre. Escrito numa linguagem fácil, ele é destinado ao ser humano comum que deseja proteger aquilo que lhe é mais importante: a sua família.